Em Pernambuco, metalúrgicos param produção em defesa da CCT

postado em: Notícias | 0

Nesta segunda-feira (17), cerca de 1300 trabalhadores do Estaleiro Vard Promar paralisaram a produção por duas horas em defesa da manutenção da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). Os metalúrgicos se mobilizaram após receber do Sindicato patronal uma contraproposta de apenas 1% de reajuste salarial, além de retirada de vários direitos devido a reforma trabalhista.

Cerca de 40 mil metalúrgicos do estado estão em campanha salarial. A data base da categoria é 1º setembro.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Pernambuco e diretor da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT), Henrique Gomes, os trabalhadores não vão aceitar nenhum direito a menos. “O Sindicato vai intensificar as paralisações e mobilizações nas portas de fábrica. Temos força para conquistar os nossos objetivos, como, por exemplo, o reajuste de 9,10%”, disse.

Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Pernambuco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 3 =