Rodoviários do Distrito Federal conquistam reajuste e suspendem greve

postado em: Notícias | 0

Trabalhadores rodoviários do Distrito Federal aprovaram a proposta das empresas de ônibus (Piracicabana, Urbi, Viação Pioneira, Auto Viação Marechal) e fecharam aConvenção Coletiva deste ano.

A decisão foi tomada em assembleia realizada na manhã deste domingo (24), no estacionamento do Conic, com a participação de cerca de 1,5 mil rodoviários. Com isso, a greve que poderia ser iniciada nesta segunda (25) foi descartada.

Depois de quase cinco meses de negociação, os trabalhadores rodoviários conquistaram 5,25% de reajuste nos salários, tíquete alimentação e cesta básica. Já os planos de saúde e odontológico foram reajustados em 14%. Em todos os reajustes, os trabalhadores já haviam conquistado 4% em junho. Todos os valores são retroativos a maio, mês da data base da categoria.

As negociações também garantiram que os rodoviários afastados pelo INSS que antes recebiam apenas 2 meses de salário, agora recebam 4 meses. Os rodoviários que conduzem os “zebrinhas” também foram beneficiados. O percentual de ganho por passageiro que antes era de 6%, agora será de 9%.

Fonte: CUT Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − doze =