Campanha Salarial 2019: Metalúrgicos seguem em defesa das cláusulas sociais e contra retirada de direitos

postado em: Notícias | 0

Em mais uma rodada de negociações da campanha salarial Unificada 2019/2020 dos metalúrgicos de Minas, realizada nessa quinta-feira, 19 de setembro, a comissão de trabalhadores fez uma intensa defesa das cláusulas sociais da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) e contra a retirada de direitos.

Depois de muito debate, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) retirou da mesa de negociação a proposta de inserir na CCT a cláusula sobre jornada 12×36 e a cláusula que reduz o intervalo de almoço para 30 minutos.

Houve também muita discussão sobre as cláusulas Auxílio Previdenciário e Auxílio Acidente de Trabalho. A comissão de trabalhadores vai apresentar uma contraproposta ao que a Fiemg colocou em mesa, na próxima reunião agendada para o dia 26 de setembro.

As cláusulas econômicas da CCT, como reajuste salarial, abono e salário de ingresso, serão debatidas na reunião da próxima quinta-feira.

Para apresentar o resultado da reunião do dia 26 de setembro e discutir o andamento da campanha salarial, o Sindicato dos Metalúrgicos de BH/Contagem e região convoca todos os trabalhadores da categoria para assembleia, dia 29 de setembro, domingo, a partir das 09h30, no clube dos metalúrgicos, rua Nossa Senhora da Conceição, 1915, São Gonçalo, Contagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =