CORTES NO ORÇAMENTO DO INSS FEITOS PELO BOLSONARO PREJUDICA BENEFICIÁRIOS

postado em: Notícias | 0

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o Orçamento de 2022 com corte de R$ 988 milhões na verba destinada ao INSS. Essa redução ameaça aposentados e segurados do Instituto, além de prejudicar o atendimento e inviabilizar novas solicitações.

De acordo com dados do Sindicato dos Trabalhadores do Seguro Social e Previdência Social no Estado de SP (Sinssp), cerca de 100 milhões de trabalhadores no País poderão ser afetados.

Além da ameaça aos beneficiários do INSS, os Servidores denunciam também o sucateamento da instituição. “A redução do número de trabalhadores, em torno de 50% por ausência de concurso público, é apenas um dos fatores que fazem a autarquia ter em torno de dois milhões de benefícios represados”, informa o Sinssp em Nota.

Segundo Antônio Carlos Lima, diretor da entidade, as agência estão fechando porque há a falta de Servidores e isso prejudica diretamente aos beneficiários. “Ano passado, tivemos 1,8 milhão de famílias que tiveram seus benefícios represados. Esse corte pode afetar ainda mais o atendimento que está longe do que o trabalhador merece e paga por ele”, afirma Antônio.

Para o dirigente, o esquema de trabalho em home office, imposto pela pandemia, aumentou muito a demanda por atendimento. “Além disso, tivemos um aumento grande de pensões por mortes em decorrência da pandemia. Enquanto isso, não conseguimos atender a todos porque não temos pessoal e equipamento suficiente”, denuncia o diretor do Sinssp. As informações são da Agencia Sindical

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + dois =