No Dia Nacional de Luta, metalúrgicos de BH/Contagem repudiam o PL 4.330 e a proposta medíocre dos patrões de Minas

postado em: Notícias | 0

O Sindicato dos Metalúrgicos de BH/Contagem, juntamente com o Sindicato de Betim, realizaram na madrugada de hoje (30), uma grande manifestação no viaduto sob a BR 381, que leva a entrada principal da Fiat Automóveis, contra o Projeto de Lei 4.330 que propõe a terceirização sem limites e precariza ainda mais as relações de trabalho.

A atividade foi em função do Dia Nacional de Luta convocado pela CUT e as demais centrais do Brasil. Além de repudiar o PL 4.330, o protesto pediu o fim do fator previdenciário e a redução da jornada de trabalho. O ato provocou um grande engarrafamento na BR 381 e gerou um atraso na entrada de turno dos trabalhadores da FIAT.

Campanha Salarial 2013

Na manifestação, os metalúrgicos também exibiram cartazes e faixas de protesto contra a proposta apresentada pelos patrões de Minas Gerais durante a primeira negociação pela campanha salarial, que aconteceu no último dia 27 de agosto.

Os patrões apresentaram uma proposta vergonhosa que está muito distante do que estão reivindicando os trabalhadores. O “pacote de miséria” proposto pela FIEMG não contempla aumento real e sequer repõe a inflação do período. Eles ainda querem o banco de horas “disfarçado” de horas extras e o parcelamento das férias em três períodos

Essa contraproposta, de tão medíocre que é, foi rejeitada pelos representantes dos trabalhadores ainda na mesa de negociação por considerar que ela é indignada de ser avaliada pelos trabalhadores. A próxima reunião de negociação está agendada para o dia 03 de setembro, às 10 horas da manhã.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 18 =