Greve dos bancários começa hoje em todo o País

postado em: Notícias | 0

Bancários de todo o País param a partir desta quinta-feira (19), por tempo indeterminado. A categoria entregou pauta com as reivindicações no dia 30 de julho e, após quatro rodadas de negociação com a federação dos bancos (Fenaban), não houve acordo para o índice de reajuste. Os bancários reivindicam índice de 11,93% (aumento real de 5%) e os bancos propõem 6,1% (sem aumento real). Diante do impasse, assembleias em todo o Brasil, feitas no dia 12, definiram greve por tempo indeterminado a partir de hoje.

Durante esse período, os caixas de autoatendimento vão continuar funcionando para atender à população. O direito de greve está previsto na Constituição Federal e estabelece algumas exigências, como a publicação de aviso de greve em jornal de grande circulação. O Comando Nacional dos Bancários também encaminhou às instituições financeiras o calendário até a deflagração da greve (por lei, a greve deve ser aprovada em assembleia dos trabalhadores e, após isso, comunicada ao empregador com antecedência de 72 horas): assembleia nos dias 12 e 18, com paralisação a partir do dia 19. Essas determinações da lei foram rigorosamente seguidas pelo Sindicato. Para o empregador, a Lei de Greve proíbe a dispensa de trabalhadores ou a contratação de funcionários substitutos durante a greve.

“Esperamos que os bancos retomem as negociações o mais rápido possível, com reajuste compatível com a riqueza do setor. Só assim a greve vai acabar”, disse Juvandia Moreira, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

Lucro– Somados, os lucros dos seis maiores bancos totalizaram R$ 29,6 bilhões no primeiro semestre do ano, alta de 18,2% em relação ao mesmo período do ano passado. O lucro dos maiores bancos em 2000 foi de R$ 4,6 bilhões. Em 2012, R$ 52,1 bilhões. Ou seja, entre 2000 e 2012, o crescimento foi de 1.025% (descontando a inflação o crescimento foi de 426%).

Fonte: Sindicato dos Bancários de SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − quatro =