Correção do FGTS ainda não está definida

postado em: Notícias | 0

O Sindicato orienta aos trabalhadores e trabalhadoras metalúrgicos (as), a não assinarem procuração para advogados que andam fazendo propaganda da correção das contas de FGTS e pedindo adiantamento de pagamento, pois ainda não é uma situação definida.

A CUT, através de sua assessoria jurídica, está trabalhando na questão a fim de resolver o problema, tanto no conselho curador do FGTS quanto na Caixa Econômica Federal.

Em caso de ação judicial para corrigir as contas, os sindicatos filiados à CUT entrarão com ação coletiva em nome de todos metalúrgicos representados, sem ônus para os trabalhadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =