Fiemg não altera proposta e insiste no 5,9% para os metalúrgicos de Minas

postado em: Notícias | 0

Na reunião realizada na última sexta-feira (25), não houve nenhum avanço, pois os patrões voltaram a repetir a mesma proposta de reajuste salarial de 5,9% que fizeram na primeira rodada de negociação pela Campanha Salarial 2013. Eles ainda insistiram com a implementação do nefasto banco de horas.

Os representantes dos trabalhadores informaram que a categoria rejeitou por ampla maioria em assembleia, o banco de horas. Portanto, deixaram claro na mesa que não aceitam discutir qualquer proposta patronal que seja condicionada ao banco de horas. Uma nova reunião foi agendada para a quarta-feira (30), às 14h30.

O Sindicato convoca todos metalúrgicos para uma nova Assembleia no dia 31 de outubro, às 18h, na sede da nossa entidade em Contagem, para informar o resultado da reunião e, caso não haja avanços, preparar a greve em cada fábrica da categoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + dez =