Petroleiros: greve começa dia 1º em defesa da Petrobras

postado em: Notícias | 0

Pauta entregue quer revitalizar empresa para que retome papel estratégico no desenvolvimento nacional
Como fez desde que recebeu a pauta dos petroleiros, no dia 7 de julho, a direção da Petrobras mais uma vez ignorou as reivindicações da categoria nesta quinta-feira (29), durante audiência no Ministério Público do Trabalho (MPT). A resposta é a greve, marcada para o próximo dia 1º, a partir das 15 horas.

Ao invés de comparercer ao encontro de mediação, a estatal preferiu enviar um documento que, segundo o presidente da Federação Única dos Petroleiros (FUP), José Maria Rangel, contém uma série de inverdades.

“A companhia coloca que está aberta a negociar, mas comprovamos que entregamos a pauta no dia 7 de julho e a empresa só se manifestou no dia 20 de outubro”, disse Zé Maria. Ainda assim, sem respostas objetivas sobre as propostas a não ser o rebaixamento do Acordo Coletivo.

Por sua vez, a FUP, que representa cerca 50 mil trabalhadores do sistema Petrobrás, apresenta uma campanha salarial que abre mãos de questões corporativistas para propor ações de revitalização da companhia.

A chamada Pauta pelo Brasil defende pontos como o fim da venda de ativos, do corte de investimentos, da insegurança, da redução de efetivos e das demissões em massa. Trata-se de uma alternativa ao Plano de Gestão e Negócios 2015-2019, que pretende cortar em 37% os investimentos previstos até 2019 e reduzir em 66% a meta de produção de petróleo que seria alcançada em 2020.

De acordo com estudos do Grupo de Economia de Energia da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), o país deixará de criar 20 milhões de empregos até 2019, se mantidos os desinvestimentos no setor, sendo a Petrobrás responsável por 70% dessas perdas. Ainda de acordo com estimativa da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda, para cada R$ 1 bilhão que a estatal deixa de investir, o efeito do PIB (Produto Interno Bruto) é de R$ 2,5 bilhões.

Fonte: CUT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + vinte =