Plenária da CUT/MG debate e define próximas ações de resistência ao golpe

postado em: Notícias | 0

Dirigentes e militantes de entidades CUTistas, das CUTs Regionais e da Direção Executiva da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG) participaram na tarde de terça-feira (23), da Plenária de Sindicatos, Federações e Movimentos Sociais. Na atividade, realizada no auditório da sede da CUT/MG, em Belo Horizonte, foram debatidas e organizadas as lutas contra o golpe, em defesa da democracia e contra a retirada de direitos da classe trabalhadora. Além das caravanas a Brasília para dar apoio à presidenta Dilma Rousseff contra os golpistas, foram articuladas as próximas agendas conjuntas, entre elas a Paralisação Nacional do dia 22 de setembro, como preparação para a greve geral.

Também foram encaminhadas as demandas construídas com sindicatos que representam as categorias que têm campanhas salariais neste segundo semestre de 2016, como unificação por mais conquistas e os embates nas negociações com os patrões e pela solidariedade com trabalhadoras e trabalhadores da Prodabel, da Urbel e os técnico-administrativos das instituições federais de ensino que estão em greve. A mesa da Plenária foi composta por Beatriz Cerqueira, presidenta da CUT/MG, e Jairo Nogueira Filho, secretário-geral.

Agenda de Lutas
25/8 – Escracho dos senadores golpistas – Concentração às 17 horas na Praça Raul Soares
26/8 às 10 horas na sede da CUT/MG – Reunião com federações e sindicatos estaduais CUTistas em campanha segundo semestre
29/8 – Caravana para Brasília de apoio à presidenta Dilma Rousseff, saída dia 28
5 a 9/8 – Acampamento do Levante Popular da Juventude – Mineirinho
7/9 – Grito dos Excluídos – Praça Raul Soares
12/9 às 14 horas – Ato contra privatização das empresas públicas e estatais, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG)
13/9 – Plenária dos sindicatos CUTistas, com participação dos candidatos à prefeitura de BH
15 e 16/9 – Seminário Nacional de Organização, na Escola Sindical 7 de Outubro
22/9 – Paralisação nacional, como preparação para a Greve Geral

 

Fonte: CUTMG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + 1 =