Pedindo moderação nos gastos públicos, Temer esbanja em jantares

postado em: Notícias | 0

Enquanto discursa que o País precisa moderar os gastos, o presidente ilegítimo Michel Temer esbanja dinheiro público em eventos privados para tratar de assuntos políticos. Jantar promovido pelo peemedebista, no último dia 9 de outubro, para convencer deputados a votarem em favor da PEC 55 custou R$ 35 mil aos cofres brasileiros.

O evento privado reuniu 300 convidados, entre eles estavam ministros, deputados e economistas, que durante o jantar se revezavam na argumentação com os parlamentares para garantir que o projeto seja aprovado no Congresso.

No cardápio, camarões, lagosta, arroz, legumes, salada, filé mignon e doces variados. Para beber, vinho tinto produzido no Sul, cuja garrafa custa R$ 100 cada uma.

O expediente foi repetido cerca de uma semana depois, quando Temer voltou a oferecer um jantar milionário, mas para senadores. O presidente ilegítimo negociou durante o evento a aprovação do projeto no Senado.

As informações foram fornecidas pelo Palácio do Planalto ao portal G1, através da “Lei de Acesso à Informação”.

Fonte: CUT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 7 =