COM NOVA PROPOSTA FINANCEIRA, SINDICATO CONVOCA ASSEMBLEIA PARA DIA 10 DE NOVEMBRO

postado em: Notícias | 0

Diante das reivindicações apresentadas pela comissão de trabalhadores, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) cedeu e enviou aos metalúrgicos, na noite dessa quinta-feira (3), nova proposta financeira, com importantes conquistas para os trabalhadores.

A FIEMG propõe reajuste salarial de 7,19%, retroativo a outubro, para quem ganha até R$7.451,70.

A mudança de postura da FIEMG em aplicar o reajuste de uma única vez sobre o salário do trabalhador é uma grande conquista dos metalúrgicos, que veem há anos lutando contra esse parcelamento.

Outra conquista foi a ampliação da faixa limite do reajuste, que saiu dos R$6.726,65 para R$7.451,70.

A patronal propôs ainda o abono único e especial de R$250,00, nas empresas com até 10 trabalhadores, e R$500,00 nas empresas com mais de 10 empregados.

Outra proposta é que todas as faixas de piso salarial sejam reajustadas em 7,19%. As reivindicações dos metalúrgicos sobre vale combustível e cesta básica foram recusadas pela patronal.

A comissão de trabalhadores se reuniu nessa sexta-feira, 4, e depois de muita discussão decidiu levar a proposta para a apreciação dos trabalhadores.

O Sindicato dos metalúrgicos de BH/Contagem está chamando uma assembleia para a próxima quinta-feira, 10 de novembro, às 18h30, na sede do Sindicato, rua Camilo Flamarion, 55, Jd. Industrial, Contagem.

É importante que os metalúrgicos (as) participem da assembleia para decidir os rumos da campanha salarial unificada dos metalúrgicos de Minas para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT 2022/2023).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =