HOMOLOGAÇÃO NO SINDICATO

postado em: Notícias | 0

Desde a implantação da reforma trabalhista o Sindicato dos Metalúrgicos de BH/Contagem e região vem alertando sobre a importância de fazer a homologação da rescisão de trabalho no sindicato. Com a nova lei, a homologação no Sindicato se tornou facultativo.

Nesse sentido o Sindicato orienta ao trabalhador que exija que a homologação seja feita com a participação da representação dos trabalhadores. Em alguns casos a empresa pode se recusar a homologar no Sindicato, mas isso não impede que o funcionário procure a entidade sindical para que a rescisão seja conferida.

Para se ter uma ideia da importância da participação do Sindicato no processo de rescisão de trabalho, de dez revisões realizadas pelos metalúrgicos nos documentos rescisórios, seis apresentam erros que representam prejuízo financeiro ao trabalhador (a).

A empresa que optar em homologar a rescisão no Sindicato dos Metalúrgicos vai pagar o valor de R$35,00 por empregado. O Trabalhador, sócio do Sindicato, que quiser fazer a revisão da sua rescisão não terá nenhum custo pelo serviço. O trabalhador não sócio vai investir R$35,00 na revisão dos documentos rescisórios.

Geralmente trabalhadores que reivindicam o direito de ser assistido pelo sindicato no ato da homologação tem seus direitos preservados, pois quem mais entende de direito de trabalhadores é a entidade que os representa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + dezesseis =